Para Lagarde, medidas da Grécia ainda são insuficientes

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, afirmou nesta segunda-feira que "o esforço feito pela Grécia para baixar seu déficit financeiro ainda é insuficiente". Lagarde fez a afirmação em Washington (EUA), durante coletiva de imprensa. Consultada sobre a influência das agências de avaliação de risco sobre a crise europeia, Lagarde estimou que elas "fazem um jogo", negando-se a precisar qual, e acrescentou que os problemas conhecidos pela Itália estavam "essencialmente determinados pelos mercados", apesar das "excelentes" cifras sobre o orçamento. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.