Para McCain, rival é socialista

Na tentativa de reverter a desvantagem na disputa pela presidência americana, o candidato republicano, John McCain, continuou ontem a atacar o adversário, desta vez dizendo que as propostas tributárias de Barack Obama são socialistas. "Ele quer distribuir riqueza. Essa é uma das doutrinas do socialismo", afirmou em entrevista à Fox News na noite de domingo.Segundo o republicano, a mudança na carga tributária defendida pelo adversário democrata obrigaria pequenos negócios a cortar postos de trabalho por causa do aumento de impostos. Na verdade, segundo o programa de Obama, apenas uma pequena parcela das empresas - as que faturam mais de US$ 250 mil - seria afetada pelo aumento. O democrata respondeu ao ataque, dizendo que o magnata Warren Buffet o apóia. "McCain acha que isso é socialismo. Eu chamo de oportunidade."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.