AP Photo/Michael Sohn
AP Photo/Michael Sohn

Para Merkel, eleição de Macron abre possibilidade de maior dinamismo para Europa

Chanceler alemã se encontrará com o novo presidente francês nesta segunda-feira, um dia após o partido dela vencer uma eleição regional em seu reduto

O Estado de S.Paulo

15 Maio 2017 | 10h35

BERLIM - A eleição de Emmanuel Macron como presidente da França abre a possibilidade de dar mais dinamismo ao projeto europeu, disse nesta segunda-feira, 15, a chanceler alemã, Angela Merkel, antes de se encontrar com ele.

"O futuro da Alemanha depende da Europa. A Alemanha só vai se sair bem a longo prazo se a Europa for bem", disse Merkel em uma coletiva de imprensa após uma reunião de seus aliados conservadores democratas-cristãos, vencedores de uma eleição regional na Alemanha no domingo.

"A eleição do novo presidente francês nos oferece aqui a possibilidade de trazer dinamismo ao desenvolvimento da Europa", acrescentou ela.

Eleições. O partido conservador de Merkel venceu no domingo uma eleição regional chave na Renânia do Norte-Westfália, o que resultou em uma grande derrota para os sociais-democratas em seu reduto a quatro meses das legislativas.

A União Democrata-Cristã (CDU) da chanceler conquistou 34% dos votos, enquanto o Partido Social Democrata (SPD) de Martin Schulz acumulou 30%, o pior resultado de sua história na região, segundo as pesquisas das emissoras públicas ARD e ZDF.

Mais de 13 milhões de eleitores - um quinto dos inscritos na Alemanha - estavam convocados para eleger o novo Parlamento da Renânia, o Estado mais populoso do país.

A vitória dos conservadores é um golpe para o Partido Social Democrata (SPD) e seu líder Schulz, nascido na região, que busca vencer Merkel nas legislativas e privá-la, assim, de um quarto mandato / REUTERS e AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.