Para Morales, EUA 'descarregam sua raiva' contra Lula

O presidente da Bolívia, Evo Morales, disse que os Estados Unidos "tentam descarregar sua raiva" contra o presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, por causa das divergências sobre como tratar a questão nuclear iraniana. Em entrevista coletiva, Morales tratou das recentes declarações da secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, que contestou o acordo entre Brasil, Turquia e Irã.

AE-AP, Agência Estado

29 Maio 2010 | 16h05

"Por causa da soberba das autoridades dos Estados Unidos, esse país está sendo excluído e está se excluindo, e por isso tenta descarregar sua raiva contra Lula", afirmou o presidente boliviano. Para ele, os EUA "não têm autoridade moral para acusar ninguém, já que quem põe o mundo em perigo são aqueles que levam seus militares a acabar com nossos continentes, nossos países, são aqueles que instalam bases militares em outros países"

Morales disse ainda que "não é possível que exista esse tipo de ameaça ou chantagem, e não vamos permitir chantagens por parte dos Estados Unidos na Unasul (União de Nações Sul-americanas)".

Mais conteúdo sobre:
Morales EUA Lula

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.