Para o Hamas, não haverá paz sob a ocupação de Israel

Um porta-voz do movimento islâmico palestino Hamas prometeu hoje que "não haverá paz nem segurança sob a ocupação de Israel", mas não rejeitou o diálogo com os governantes israelenses."Não nos propuseram nada para poder dizer se cooperaremos com eles ou não. Desde o princípio, negaram-se a colaborar com Abu Amar (Yasser Arafat) e com Abu Mazen (Mahmoud Abbas)", lembrou Khaled Mashaal, chefe do escritório político do Hamas.Nesta primeira entrevista coletiva após a vitória de seu movimento nas eleições de quarta-feira, Mashaal lançou uma mensagem ao povo israelense: "Nenhum de seus líderes pode nos oferecer paz, segurança ou estabilidade sob a ocupação; e os palestinos estão dispostos a lutar durante anos".Além disso, Mashaal pediu aos países europeus para "não se alinharem com a postura dos Estados Unidos e de Israel, pois a Europa pode desempenhar um papel muito importante (nos territórios palestinos)"."Estamos dispostos a dialogar com a Europa e inclusive com os Estados Unidos se quiserem, mas tal como nós queremos, não como eles querem", lembrou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.