Para Obama, não há 'atalho' para paz no Oriente Médio

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, advertiu nesta quarta-feira que não há "atalho" para a paz no Oriente Médio. Obama fez a declaração durante seu discurso na Assembleia Geral da ONU, na sede da entidade em Nova York.

AE, Agência Estado

21 Setembro 2011 | 12h14

"Estou convencido de que não há atalho para o fim de um conflito que tem durado décadas. A paz não virá através de comunicados e resoluções na ONU - se fosse tão fácil, isso já teria sido realizado", afirmou Obama em seu discurso.

O presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, pretende pedir na sexta-feira a inclusão da Palestina como membro da ONU. Há, porém, uma intensa campanha diplomática liderada por EUA e Israel para impedir essa iniciativa. Os EUA defendem que as diferenças entre os dois lados se resolvam através de um diálogo bilateral. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
ONU Obama Oriente Médio

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.