Pára-quedistas cercados no norte do Iraque, diz Al Jazira

Unidades do exército iraquiano e forças tribais cercaram um grupo de soldados norte-americanos lançados de pára-quedas na zona de Ninive, próximo de Mossul, 400 quilómetros a norte de Bagdá, noticiou a televisão por satélite do Qatar Al-Jazira.O correspondente da televisão no local, Mohamed Kher Al Burini, não informou o número exato de soldados norte-americanos sitiados, mas disse que os militares foram lançados juntamente com equipamento militar para reforçarem as posições norte-americanas na zona Norte do Iraque.Na semana passada, mil pára-quedistas das forças norte- americanas foram lançados no Curdistão iraquiano para preparar a abertura de uma nova frente de guerra.Entretanto, o grupo islamita Ansar Al-Islam, supostamente ligado à rede terrorista Al-Qaeda, divulgou hoje um comunicado na sua página internet(http://groups.yahoo.com/group/abubanan//) em que diz ter enviado os seus milicianos do Curdistão para outras zonas do Iraque para preparem atentados suicidas contra as forças da coligação anglo-norte-americana.No texto, "o comando do Ansar Al-Islam" afirma que depois dos bombardeios das suas bases no norte do Iraque "pelas forças cruzadas de invasão, foi decidido deslocar as bases dos mujaidines para que deixem de ser alvo direto dos ataques aéreos". "As nossas bases no norte do Iraque foram completamente evacuadas na noite de quinta para sexta-feira e os mujaidines mudaram-se, com todas as suas armas, para novas posições mais adaptadas às próximas batalhas", acrescenta.Este comunicado segue-se a declarações do "emir do Ansar Al-Islam no Curdistão, Abu Abdallah Al-Chafei" ameaçando lançar "operações de mártires(ataques suicidas) contra as forças norte- americanas e britânicas". Veja o especial:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.