Paraguai apreende 200 kg de cocaína na fronteira com Brasil

Droga foi descoberta em local de díficil acesso e valeria US$ 1 milhão

Agencia Estado

21 Junho 2007 | 13h04

Agentes da polícia antidrogas do Paraguai apreenderam nesta segunda-feira cerca de 200 quilos de cocaína, uma das maiores apreensões dos últimos anos, em uma localidade no nordeste do país, na fronteira com o Brasil. A operação foi executada na cidade de Pedro Juan Caballero, a 550 quilômetros da capital Assunção, com participação da Polícia Federal brasileira, disse a jornalistas o titular da Secretaria Nacional Antidrogas paraguaia, Hugo Ibarra. O secretário informou que a droga foi descoberta em uma zona de difícil acesso na propriedade de Fadh Yamil, um conhecido empresário da fronteira procurado por crimes vinculados ao narcotráfico. Ibarra acrescentou que nove pessoas que estavam junto ao carregamento foram detidas e três delas poderiam ser policiais. Segundo a secretaria, a carga teria um valor superior a US$ 1 milhão. O Paraguai é considerado um país de trânsito para o tráfico de cocaína. Um relatório recente da Organização das Nações Unidas (ONU) estimou que, a cada ano, entre 40 e 60 toneladas da droga passam contrabandeadas pelo país, que é um ponto importante de remessa para outros países.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.