Paraguai: coalizão de Lugo tenta participar das eleições

O ex-presidente do Paraguai Fernando Lugo, destituído do cargo em junho pelo Senado do país, pediu autorização para que a coalizão Frente Guasú apresente candidatos nas eleições marcadas para abril do ano que vem. A solicitação foi feita à Justiça Eleitoral, que tem até março para responder.

AE, Agência Estado

18 de outubro de 2012 | 20h09

A Frente Guasú (Frente Grande, em guarani), liderada por Lugo, é uma coalizão formada por cerca de dez partidos políticos, organizações sociais e camponesas, e sindicatos. O ex-presidente não deu declarações ao sair do edifício da Justiça Eleitoral, mas ontem, em entrevista à TV pública da Argentina, disse que espera eleger 45 deputados.

Lugo, de 61 anos, apesar de ter sofrido o impeachment, não poderá buscar sua reeleição, porque a Constituição do país não a admite. Federico Franco, seu vice-presidente na época, assumiu a presidência e deverá completar o mandato até 15 agosto de 2013.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.