Paraguai detém sem-terra para garantir safra

O governo paraguaio enviou 40 policiais à Província de São Pedro para garantir que grupos sem-terra não impeçam agricultores brasiguaios de fazerem a última colheita de soja do ano. Segundo autoridades do país, 70 sem-terra foram retirados da fazenda de um paraguaio e 35 foram presos. "Respeitaremos a propriedade privada dos paraguaios e dos colonos brasileiros", disse o ministro do Interior, Rafael Filizzo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.