Paraguai pede ajuda da população no combate à dengue

As autoridades sanitárias do Paraguai não são capazes de controlar uma recente epidemia de dengue se não houver ajuda da população, advertiu hoje Julio César Manzur, diretor do Ministério da Saúde do país. "Somente com a ajuda decidida da população poderemos frear a reprodução do inseto, que só se reproduz em água parada", disse Manzur.De acordo com os registros oficiais, 105 casos de dengue, causada pelo mosquito Aedes aegypti foram confirmados durante a atual epidemia. "Noventa por cento dos infectados vivem nos departamentos de Concepción e Amambay (que situam-se a entre 500 a 600 quilômetros de Assunção), e isso significa que, nessas zonas de selva, os mosquitos estão buscando novos lugares para viver por causa da destruição das florestas", observou.

AE/AP, Agencia Estado

04 de fevereiro de 2009 | 13h41

Tudo o que sabemos sobre:
saúdeParaguaidengue

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.