Paraguai prende 6 pessoas ligadas a sequestro de brasileiros

Fontes policiais informaram que encontraram com os presos, capturados na cidade de San Alberto, armas e munição

O Estado de S.Paulo

04 Novembro 2017 | 18h42

ASSUNÇÃO - A Polícia Nacional do Paraguai prendeu neste sábado, 4, seis pessoas no departamento do Alto Paraná que teriam ligação com o sequestro de um empresário brasileiro, de 73 anos, e de seu neto, de 12, no dia 23 de outubro.

Fontes policiais informaram que encontraram com os presos, capturados na cidade de San Alberto, armas e munição. Os antecedentes deles estão sendo investigados para descobrir se eles tinham ligação com o sequestro dos brasileiros.

Quase duas semanas após o sequestro, as investigações seguem sem pistas exatas do paradeiro das duas vítimas.

Alecio Dresch, empresário do setor agrícola no departamento de Caaguazú, no centro do Paraguai, e o neto foram sequestrados quando se deslocavam em um trator pela propriedade do produtor.

Horas depois, a família de Dresch denunciou o desaparecimento dos dois depois de encontrar o trator vazio.

Mais tarde, os parentes receberam uma mensagem telefônica com a voz de Dresch, afirmando que ele e o neto estavam bem. Essa mensagem foi seguida de outra, já enviada pelos sequestradores, que pediam a família para manter a polícia longe do caso. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.