REUTERS/Andres Stapff
REUTERS/Andres Stapff

Paraguai vai às urnas neste domingo

Mario Abdo Benítez, do Partido Colorado, é franco favorito para vencer a eleição, mas precisará enfrentar a forte divisão interna de sua legenda; Efraín Alegre, liberal apoiado por coalizão de centro esquerda, tenta conquistar eleitores

O Estado de S.Paulo

21 Abril 2018 | 12h04

O Paraguai vai às urnas neste domingo, 22, para eleger o novo presidente do país. A votação terá apenas um turno. As urnas estão previstas para serem abertas às 7 horas (8 horas de Brasília) e o fechamento deve ocorre às 16 horas (17 horas de Brasília).

Mario Abdo Benítez, candidato conservador do Partido Colorado, e Efraín Alegre, liberal apoiado por uma coalizão de centro esquerda, encerraram na quinta-feira, 19, suas campanhas para as eleições presidenciais no Paraguai em um clima de pouca mobilização e falta de entusiasmo.

+++ Com candidato governista 20 pontos à frente, Paraguai encerra campanha presidencial

Abdo Benítez, de 46 anos, é o favorito nas pesquisas com até 20 pontos de vantagem sobre Alegre. Mas seu partido, que domina a cena política paraguaia há mais de 70 anos, enfrenta uma forte divisão interna.

Efraín Alegre, advogado de 55 anos, tenta pela segunda vez chegar à Presidência. Nas eleições passadas, em 2013, nas quais só teve o apoio do seu partido, perdeu para o atual presidente.

As eleições às quais estão inscritos 4,2 milhões de cidadãos, serão supervisionadas por missões de observação da União Europeia e da Organização de Estados Americanos (OEA). Além do presidente, os paraguaios vão eleger um novo Congresso e governadores. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.