Paraguaio recebe prêmio Nobel alternativo

Um paraguaio vítima de tortura, duas organizações - da Suécia e do Burundi - que lutam para combater o ódio racial e um cientista australiano receberam nesta segunda-feira o prêmio Right Livelihood, conhecido como o Nobel alternativo.As honrarias foram entregues durante uma cerimônia no Parlamento sueco, um dia antes da cerimônia de premiação do Nobel.O líder do Legislativo sueco, Bjoern von Sydow, considerou que os premiados deste ano representam ?partes indispensáveis na luta por um desenvolvimento justo, democrático e sustentável no mundo?.O Centro de Jovens Kamenge de Burundi, a organização sueca Kvinna till Kvinna pelos direitos das mulheres, o ativista dos direitos humanos Martín Almada - de Assunção, Paraguai - e Martin Greek, da Universidade de Nova Gales do Sul, na Austrália, dividiram o prêmio de 2 milhões de coroas (US$ 215.600).Os prêmios foram instituídos em 1980 por Jakob von Uexkull, um filatelista que vendeu sua coleção para financiar um programa a fim de reconhecer trabalhos que, em sua opinião, passam despercebidos pelos prestigiosos prêmios Nobel.Almada, que foi preso e torturado sob a ditadura de Alfredo Stroessner, foi premiado por seu valor e por seus persistentes esforços para "levar a um ajuste de contas" os autores de violações aos direitos humanos e para "levar seu país a um novo caminho de democracia".Por sua vez, o centro africano, fundado por missionários italianos em 1991, foi premiado por seus esforços em ajudar os jovens a construírem juntos um futuro, após nove anos de guerra civil em Burundi.Kvinna till Kvinna, ou ?Da mulher para a mulher?, foi fundado em 1993, em resposta à guerra nos Bálcãs e às atrocidades ali cometidas. Foi escolhido por seu êxito em aliviar as feridas causadas pelo ódio racial e a guerra, especialmente nas mulheres.O professor Greek foi reconhecido por seus avanços na pesquisa de tecnologias para aproveitar a energia solar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.