Paraguaios votam para prefeitos e vereadores

Em um dia chuvoso em quase todo o país, os paraguaios votam neste domingo para escolher prefeitos e vereadores de 227 municípios no quarto processo eleitoral municipal do período democrático. As más condições climáticas causaram a suspensão das votações em pelo menos dois municípios do departamento sulista de Itapuã, e em alguns colégios do centro do país foram detectadas demoras para o início do processo por falta de energia. Cerca de 65% dos 2,7 milhões de cidadãos habilitados para o pleito devem votar através do sistema eletrônico, mas muitas urnas não funcionaram na hora prevista. Os colégios eleitorais abriram às 7h local (8h de Brasília) para as eleições nas quais participam 682 candidatos a prefeito e 20.404 a vereador nos 227 municípios do país. O encerramento está previsto para as 17h local (18h de Brasília) e os primeiros resultados extra-oficiais devem ser divulgados antes da meia-noite de domingo. Vários meios de imprensa devem divulgar uma hora depois as projeções de boca-de-urna. Um total de 14 partidos políticos e 48 movimentos locais e regionais concorrem ao pleito, mas o eixo da disputa se centrará entre os "colorados", no poder desde 1947, e as principais forças Opositoras. As três maiores forças de oposição, o Partido Liberal (PLRA), o Partido Pátria Querida (PPQ) e a União Nacional de Cidadãos Éticos (Unace), liderada pelo ex-general Lino Oviedo, estão unidas em numerosas localidades do país, com o apoio de diversos grupos minoritários.

Agencia Estado,

19 Novembro 2006 | 13h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.