Parcial mostra bloco de Maliki com vantagem no Iraque

Contagens parciais dos votos provenientes de todas as 18 províncias do Iraque mostravam neste domingo o bloco do primeiro-ministro Nuri al-Maliki liderando as eleições gerais. Informações divulgadas hoje pela Comissão Eleitoral iraquiana sobre a votação de 7 de março mostravam a coalizão xiita Estado de Direito, de Maliki, à frente em sete das 18 províncias do país. O bloco secular Iraqiya, liderado pelo ex-primeiro-ministro Ayad Allawi, lidera em cinco províncias. A seguir, liderando em três províncias cada, aparecem o bloco religioso Aliança Nacional Iraquiana e a principal aliança curda.

AE-AP, Agencia Estado

14 de março de 2010 | 18h05

Os resultados baseiam-se em contagens parciais dos votos realizadas nos últimos três dias. O porcentual de apuração nas províncias varia de 10% a 67%. A eleição de 7 de março foi a segunda realizada no Iraque desde a invasão do país árabe por forças estrangeiras lideradas pelos Estados Unidos, em 2003.

Em sua primeira aparição pública desde uma pequena cirurgia na quarta-feira, Maliki, com ar confiante, agradeceu aos iraquianos por desafiarem aqueles que usaram da violência para tentar atrapalhar a votação. "O povo iraquiano não pode ser intimidado", disse ele. Ataques perpetrados por insurgentes resultaram na morte de 36 pessoas no dia da eleição.

Tudo o que sabemos sobre:
IraqueeleiçãoparcialMaliki

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.