Parentes de 27 mineiros pedirão indenização

CHILE

, O Estado de S.Paulo

30 de setembro de 2010 | 00h00

Parentes de 27 dos 33 mineiros presos em uma mina no norte do Chile desde o dia 5 de agosto por causa de um desmoronamento apresentarão um pedido de indenização de US$ 27 milhões. Segundo fontes oficiais, o processo será apresentado hoje à Corte de Apelações de Copiapó e seu objetivo é que "cada trabalhador afetado receba como indenização US$ 1 milhão", afirmou a prefeita de Caldera, Brunilda González. Ela disse que o processo será apresentado contra a empresa mineradora San Esteban, dona da mina onde os operários estão presos a 700 metros de profundidade, e contra o governo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.