Parentes de vítimas de submarino chegam ao Havaí

Parentes dos pescadores e estudantes japoneses que estavam a bordo do navio afundado por um submarino americano chegaram hoje ao Havaí para acompanhar as buscas pelos desaparecidos. Trinta e quatro parentes e autoridades do Japão chegaram vindos de Osaka. Há dois dias, o USS Greenevellie, numa manobra de emergência, abalroou e pôs a pique um navio-escola japonês, o Ehime Maru.Três tripulantes do navio, dois professores e quatro estudantes ainda estão perdidos no mar. O capitão do Ehime Maru, Hisao Onishi quer saber por que os procedimentos de resgate das vítimas só tiveram início 50 minutos após o acidente, ocorrido a cerca de 15 quilômetros do porto havaiano de Pearl Harbor.

Agencia Estado,

11 de fevereiro de 2001 | 22h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.