Parlamentar indonésio quer julgamento de Bush

O presidente da Câmara alta do Congresso da Indonésia exortou as Nações Unidas a levarem a julgamento por crimes de guerra o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, e seus aliados, por terem lançado a guerra contra o Iraque.A Indonésia, o mais populoso país muçulmano do mundo, tem sido um duro crítico da campanha anglo-americana no Iraque. Entre 100.000 e 300.000 pessoas protestaram contra a guerra, domingo, na capital, Jacarta.Amien Rais entregou uma carta no prédio das Nações Unidas em Jacarta exigindo que Bush e o primeiro-ministro britânico, Tony Blair, sejam julgados num tribunal internacional "pelo uso injustificado da força contra o povo do Iraque"."Como (o ex-presidente iugoslavo) Slobodan Milosevic, que está sendo julgado em Haia, George Bush também não pode evitar acusações semelhantes como criminoso de guerra", disse ele a repórteres.Além de presidir a Assembléia Consultiva do Povo, Rais lidera um dos maiores partidos políticos islâmicos do país e é tido como provável candidato presidencial em 2004. Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.