Parlamentar xiita é morto em atentado no Iraque

Saleh al-Auqaeili, parlamentar ligado ao clérigo xiita antiamericano Muqtada al-Sadr, foi morto hoje após uma bomba atingir seu comboio em Bagdá, no Iraque. Além do parlamentar, pelo menos um pedestre que passava pelo local também morreu. A explosão ocorreu quando os carros estavam perto de um posto de controle do Exército iraquiano, na região de Cidade Sadr, principal distrito xiita na capital.Al-Auqaeili foi levado ao hospital, mas não resistiu, segundo um porta-voz dos sadristas, Ahmed al-Massoudi, e outro parlamentar, Hassan al-Rubaie.Os militares norte-americanos atribuíram o ataque a extremistas xiitas. O atentado trouxe novamente o temor sobre a possível retomada da violência sectária no país, que já foi muito forte, mas diminuiu nos últimos meses. O país pode ainda enfrentar estabilidade por causa das eleições provinciais, inicialmente previstas para janeiro.Morto aos 37 anos, Al-Auqaeili era professor e tido como um moderado do movimento sadrista. Vários partidários desse movimento já foram alvos de ataques, mas esse ocorreu em uma área considerada segura pelo Exército dos EUA.Segundo um funcionário do Ministério do Interior, havia, além do parlamentar, outras duas vítimas fatais. O funcionário falou sob condição de anonimato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.