Parlamentares dos EUA terão acesso a foto de Bin Laden

Membros de Comitês do Senado e da Câmara verão imagens em data ainda não definida, diz 'CNN'

estadão.com.br

10 de maio de 2011 | 21h20

WASHINGTON - Membros da Comissão de Serviços Armados e da Comissão de Inteligência do Senado dos EUA poderão ver fotos do ex-líder da Al-Qaeda, Osama bin Laden, após sua morte, disseram funcionários do governo americano nesta terça-feira, 10, à rede de notícias CNN. As imagens também serão mostradas aos mesmos comitês da Câmara dos Representantes.

 

Veja também:

video 'Mundo ainda tem motivos para ter medo'

blog OPINIÃO: Depois de Osama Bin Laden

especialESPECIAL: Passo a passo da caçada ao terrorista

 

Os parlamentares verão as imagens no quartel-general da Agência Central de Inteligência (CIA, na sigla em inglês), no Estado da Virgínia. A data ainda será definida, afirmou a fonte.

 

A senadora Dianne Feinstein, democrata do Estado da Califórnia, confirmou que os comitês de Inteligência e Serviços Armados terão acesso às imagens. Questionada pela CNN sobre se fez planos para avaliar a imagem, a senadora disse não ter pensado muito na ocasião, mas afirmou que posteriormente o fará. Ela preside o Comitê de Inteligência.

 

Na última quarta-feira, o presidente Barack Obama decidiu que a imagem não seria divulgada. "Não é do nosso interesse para a segurança nacional permitir que essas imagens aumentem opiniões negativas sobre os EUA. Não há necessidade de publicar essas imagens para provar que Osama bin Laden morreu", disse Jay Carney, porta-voz da Casa Branca.

 

Bin Laden foi morto há mais de uma semana após uma operação de um grupo de agentes especiais da Marinha americana em Abbottabad, no norte do Paquistão. O corpo do terrorista foi sepultado no mar e, como não foram divulgadas fotos de seu cadáver, há um ceticismo sobre sua morte, embora as autoridades dos EUA tenham dito que exames biométricos e de DNA provaram que o ex-líder da Al-Qaeda morreu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.