Parlamento aprova imunidade de presidente

O Parlamento do Iêmen aprovou ontem, por unanimidade, uma controvertida lei que garante imunidade total ao presidente do país, Ali Abdullah Saleh. A medida era um elemento central no cumprimento de um acordo de transferência de poder que ele havia assinado em novembro. Após a aprovação, Saleh havia garantido que renunciaria - provavelmente em fevereiro. Ele governou o Iêmen por mais de 33 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.