Parlamento concede plenos poderes a Chávez

Parlamentares venezuelanos deram ao presidente Hugo Chávez amplos poderes para governar por decreto até junho de 2012, minando os poderes de uma nova Assembleia que tomará posse no próximo mês com um grande bloco de oposição. Líderes oposicionistas condenaram o decreto, dizendo que a lei será um "cheque em branco" para Chávez governar sem consultar os parlamentares.

AE, Agência Estado

17 de dezembro de 2010 | 20h51

O presidente venezuelano defende o decreto ao dizer que ele precisa acelerar as respostas às mortíferas enchentes que atingiram parte do país. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.