Parlamento confirma Yoshihiko Noda premiê japonês

O novo presidente do Partido Democrático do Japão (PDJ), Yoshihiko Noda, foi confirmado nesta terça-feira como o primeiro-ministro do país pelo Parlamento japonês (Câmara Alta). Noda, que era o Ministro das Finanças da gestão anterior, venceu as eleições do partido ontem, realizadas na Câmara dos Deputados (Câmara Baixa), e ocupará o cargo deixado pelo ex-premiê, Naoto Kan, que renunciou recentemente. Nesta terça-feira, um pouco mais cedo, Kan oficializou seu pedido de demissão e destituiu o gabinete a fim de que Noda pudesse assumir o cargo.

Agência Estado

30 de agosto de 2011 | 02h25

Apesar disso, Noda deverá ainda se submeter a uma eleição em separado na Câmara Alta, a qual até poderia eleger um líder de oposição para o cargo de premiê, pois é controlada pela oposição. No entanto, esta eleição será mero cumprimento de protocolo, uma vez que pela Constituição japonesa prevalece o resultado da Câmara dos Deputados para a escolha do premiê, cuja maioria é do PDJ.

Noda tornou-se o presidente do Partido Democrático na segunda-feira, ao bater em um segundo turno, o Ministro da Economia, Comércio e Indústria, Banri Kaieda. Noda é o sexto primeiro-ministro japonês em cinco anos. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.