Parlamento de Taiwan é ocupado durante protesto

Centenas de oponentes ao amplo pacto comercial entre Taiwan e China ocuparam o Parlamento de Taiwan no fim da terça-feira, atrasando as ações em uma medida que Pequim apoia fortemente.

AE, Agência Estado

18 de março de 2014 | 23h48

Os manifestantes entraram na câmara legislativa por volta das 21h do horário local e após a meia-noite conseguiram repelir os esforços da polícia para expulsá-los. Não há informações de feridos ou detidos no confronto.

O acordo comercial permite que as empresas do setor de serviços da China e de Taiwan criem filiais ou lojas nos dois territórios. A crítica é que o acordo eliminaria milhares de empregos em Taiwan e ajudaria a China a aproximar a região democrática de Taiwan de seu controle.

O protesto ocorreu após os legisladores decidirem recuar da promessa de rever o pacto em todas as suas cláusulas. O acordo foi assinado por China e Taiwan em junho do ano passado, mas debates sobre o tema têm atrasado a assinatura final. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Taiwanchinaprotesto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.