Parlamento do Azerbaijão indica filho do presidente para premier

O filho do enfermo presidente azerbaijano, Geidar Aliev, foi nomeado nesta segunda-feira pelo Parlamento como primeiro-ministro, o que o coloca em primeiro lugar na linha para assumir a presidência se seu pai se declarar incapacitado ou renunciar ao cargo.A decisão provocou crescentes protestos dos líderes da oposição, para os quais o veterano líder está conspirando para passar o poder para o filho.Com Aliev, de 80 anos, em um hospital da Turquia pela segunda vez este ano, o Legislativo do país rico em petróleo do litoral do Mar Cáspio confirmou seu filho Ilham como premier. Ilham Aliev recebeu apoio de 101 dos 124 membros do Parlamento em uma votação boicotada pela oposição. Um legislador se absteve. A agência estatal Azertaj informou mais tarde que Geidar Aliev, que não aparece em público desde que foi internado num hospital militar turco em 8 de julho, assinou um decreto apontando o filho para o posto e nomeando o atual primeiro-ministro, Artur Rasizade, como primeiro vice-primeiro-ministro. De acordo com uma emenda constitucional aprovada no ano passado em um referendo criticado pela oposição azerbaijana e por Ongs e governos ocidentais, incluindo os EUA, o primeiro-minisro deve assumir a presidência na eventualidade de o presidente estar incapacitado ou renunciar ao cargo. Geidar Aliev é candidato à reeleição no pleito marcado para 15 de outubro, mas muitos observadores acreditam que ele esteja se preparando para transferir o poder para seu filho Ilham, que também está registrado como candidato ao posto presidencial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.