Parlamento do Bahrein aceita renúncia de 11 legisladores

O parlamento do Bahrein aceitou hoje a renúncia de 11 legisladores da oposição xiita, um sinal de que a crise política e sectária no país está se aprofundando. A agência estatal de notícias Bahrain News Agency informou que o Parlamento, que tem 40 integrantes, aprovou as renúncias dos 11 parlamentares do partido Al Wefaq.

AE, Agência Estado

29 de março de 2011 | 13h41

Este grupo e outros sete legisladores do partido apresentaram seus pedidos de renúncia no mês passado, por causa da violenta repressão contra os manifestantes. A agência informou que o Parlamento adiou as deliberações sobre as demais renúncias.

O Parlamento bareinita, a única instância de governo eleita pelo voto, tem autoridade limitada. Todas as decisões do país, dentre elas a indicação de ministros de governo, ficam com o rei, que é sunita. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.