Parlamento do Irã aprova lei para fichar turistas americanos

O Parlamento iraniano aprovou neste domingo, 19, um projeto de lei que obriga as autoridades imigratórias a extraírem as impressões digitais de viajantes com passaportes americanos, informou uma rádio local. Com a nova lei, o governo inspecionaria e ficharia todos os cidadãos americanos que entrarem no Irã. A medida, porém, ainda precisa ser aprovada pelo Conselho dos Guardiães antes de tornar-se lei. No mês passado, o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, manifestou-se contrário à lei. Segundo ele, seu governo nada tem contra os cidadãos americanos comuns. O projeto de lei foi elaborado por políticos conservadores com base no princípio diplomático da reciprocidade. Os Estados Unidos utilizam o procedimento contra cidadãos do Irã e de uma série de outros países desde pouco tempo depois do 11 de Setembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.