Parlamento do Iraque elege Fouad Massoum como presidente

O político curdo Fouad Massoum foi escolhido nesta quinta-feira pelo parlamento do Iraque como presidente do país após diversos adiamentos para a eleição.

Agência Estado

24 de julho de 2014 | 11h41

Massoum, de 76 anos, é um dos fundadores do partido do atual presidente, Jalal Talabani, a União Patriótica do Curdistão. Ele é considerado moderado e conhecido pela boa relação com os políticos sunitas e xiitas do país.

A eleição parlamentar para o cargo de presidente, majoritariamente cerimonial e sem grandes funções políticas, foi adiada mais uma vez, de ontem para hoje, quando o bloco políticos curdo pediu mais tempo para selecionar um candidato. Eles indicaram Mossoum no final do dia de ontem.

A escolha do político curdo segue um acordo não-oficial que vem sendo cumprido desde a invasão militar dos Estados Unidos no país em 2003. Para amenizar os conflitos entre os diferentes grupos políticos do Iraque, a presidência costuma ser ocupada por um representante curdo, enquanto o primeiro-ministro é xiita e o porta-voz do parlamento é sunita.

No último dia 15, o sunita Salim al-Jabouri foi escolhido como novo porta-voz do parlamento iraquiano. Já o atual primeiro-minitro, o xiita Nouri al-Maliki, enfrenta oposição para deixar o cargo, que ocupa desde 2006. Ele é acusado de monopolizar o poder e excluir a minoria sunita.

O Iraque passa por dificuldades para formar um novo governo após as eleições de abril e os conflitos com os radicais sunitas que dominaram vastas áreas do norte e do oeste do país. No mês passado, os sunitas que proclamaram o Estado Islâmico no Iraque e no Levante (EIIL), dominaram a importante cidade de Mosul, ao norte de Bagdá. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Iraqueeleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.