Parlamento georgiano pede corte de relação com Rússia

O Parlamento da Geórgia pressiona o governo do país a cortar as relações diplomáticas com a Rússia. Os parlamentares aprovaram hoje, por unanimidade, uma resolução pedindo ao governo do presidente Mikhail Saakashvili que corte as relações diplomáticas com Moscou. A resolução classifica a Rússia de "país agressor". Porém, não houve resposta imediata do escritório da presidência.A Geórgia retirou quase todos os seus diplomatas de Moscou nesta semana, exceto dois, em protesto contra a ação militar russa e contra o reconhecimento pelo país vizinho da independência das províncias separatistas georgianas da Ossétia do Sul e da Abkházia. A Rússia enviou tropas e tanques em 8 de agosto à Ossétia do Sul para repelir um ataque da Geórgia. As tropas russas bateram os georgianos e avançaram fundo em território da Geórgia. Os russos se retiraram na semana passada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.