Parlamento iraniano aprova todos os candidatos ao novo gabinete

O Parlamento iraniano aprovou nesta quarta-feira os 20 candidatos do presidente Mohammad Khatami para compor seu gabinete, permitindo a formação do governo com o qual ele espera promover seu programa de reformas em seu segundo mandato presidencial. O voto de confiança do Parlamento, ou Majlis, dominado por reformistas, foi aprovado após quatro dias de deliberações sobre os candidatos que suscitaram críticas dos aliados reformistas do presidente e dos intransigentes. A votação dos 276 legisladores foi secreta e todos os candidatos receberam pelo menos 139 votos, o mínimo requerido para sua confirmação. O que recebeu maior apoio, com 221 votos, foi o candidato ao ministério do Trabalho, Safdar Hosseini, seguido do candidato ao ministério da Inteligência, Ali Yusesi, com 219. Entre os 20 nomes aprovados não consta o de nenhuma mulher.Os reformistas censuraram a lista alegando que alguns dos candidatos não têm suficiente experiência para promover mudanças sociais e políticas, enquanto os intransigentes - que se opuseram às tentativas de Khatami de conceder maiores liberdades e abrandar as regras sociais islâmicas - se queixaram de que os escolhidos pelo presidente não estão capacitados para promover o desenvolvimento econômico nacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.