REUTERS/Khalid al-Mousily
REUTERS/Khalid al-Mousily

Parlamento iraquiano aceita renúncia do primeiro-ministro Adel Abdul

Presidente deve indicar novo nome para ocupar o cargo; protestos no país já deixaram mais de 420 mortos

Redação, O Estado de S.Paulo

01 de dezembro de 2019 | 09h20

O parlamento do Iraque aceitou neste domingo, 01, a renúncia do primeiro-ministro Adel Abdul Mahdi. O chefe da assembleia disse que pediria ao presidente da República a nomeação de um novo primeiro-ministro.

 

 

A votação ocorre dois dias depois que Abdul Mahdi anunciou a intenção de renunciar. O anúncio ocorreu depois que o grande aiatolá Ali Sistani, a maior autoridade xiita do país, exigiu sua substituição após dois meses de manifestações, que deixaram mais de 420 mortos e continuam neste domingo. / AFP

Tudo o que sabemos sobre:
Iraque [Ásia]Adel Abdul-Mahdi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.