Parlamento italiano vota apoio logístico aos EUA

O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, enfrentará um teste importante nesta quarta-feira, quando o Parlamento colocará em votação a proposta de a força militar italiana oferecer apoio logístico às tropas norte-americanas em uma ação contra o Iraque. Roma tem manifestado solidariedade aos propósitos de Washington em relação a Bagdá e o secretário de Estado dos EUA, Colin Powell, incluiu a Itália na lista de 30 países que declararam graus distintos de apoio à campanha norte-americana.A coalizão governista rejeitou a idéia de enviar soldados para o Golfo, mas ofereceu suas bases militares e aéreas aos EUA. Essa proposta deve ser aprovada, uma vez que o partido governista detém maioria nas duas casas do Parlamento. O ministro de Relações Exteriores do país, Franco Frattini, declarou que a Itália colaborará na reconstrução econômica e democrática do Iraque após a guerra.Veja o especial:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.