Parlamento permite alteração na Carta

O Parlamento de Honduras aprovou a possibilidade de alterar a Constituição - antes proibida pela legislação vigente. A medida permite a convocação de plebiscitos sem restrições, o que poderá abrir espaço para a regulamentação da reeleição presidencial, atualmente ilegal no país.

, O Estado de S.Paulo

14 de janeiro de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.