Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Parlamento sérvio pede desculpas por massacre de 1995

Os parlamentares da Sérvia aprovaram hoje uma declaração condenando o massacre de julho de 1995, em que oito mil muçulmanos eslavos foram mortos por sérvio-bósnios na cidade de Srebrenica. "A Assembleia Nacional da Sérvia condena duramente o crime cometido contra os bósnios moradores de Srebrenica em julho de 1995, expressando pêsames e desculpas às famílias das vítimas, porque não foi feito tudo o que poderia ter sido para evitar essa tragédia", diz a declaração.

AE-AP, Agência Estado

30 de março de 2010 | 20h33

A declaração foi aprovada por uma pequena maioria de 127 votos no Parlamento de 250 cadeiras, após um debate que durou a terça-feira inteira. A aprovação é uma tentativa da Sérvia de se distanciar do seu passado de guerras sob o comando de Slobodan Milosevic (1941-2006).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.