Parte do aeroporto de Atlanta é fechada por suspeita de bomba

A zona de controles de segurança do aeroporto Hartsfield-Jackson, da cidade americana de Atlanta, foi fechada nesta quarta-feira por funcionários do local após a descoberta de uma bolsa suspeita, que poderia conter uma bomba. O chefe de segurança do aeroporto, Willie Williams, disse que um funcionário que monitora as máquinas de raio-X detectou uma imagem suspeita no monitor e notificou seu supervisor. Os funcionários vasculharam todas as bolsas sendo analisadas no momento, mas não encontraram nenhum objeto perigoso. Williams recusou-se a dizer o que a imagem parecia ser. Nenhuma bagagem foi detida pela segurança do aeroporto e não foram efetuadas prisões, disse Williams. A zona de controle de segurança ficou fechada e vários vôos atrasaram, embora as demais áreas do aeroporto seguissem abertas ao público. O fechamento aconteceu em um horário de grande tráfego e pelo menos 120 vôos foram afetados. A área foi reaberta duas horas mais tarde. Até o momento, não foi determinado se havia ou não explosivos ou materiais perigosos na bolsa suspeita. O aeroporto Hartsfield-Jackson de Atlanta é o de maior tráfego do mundo. Por ele, passam anualmente 86 milhões de passageiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.