Partidários de Karadzic farão protesto hoje

As autoridades sérvias transferirão o ex-líder servo-bósnio Radovan Karadzic para Haia de modo discreto para evitar a atenção da mídia e dos simpatizantes nacionalistas, que hoje pretendem realizar um grande protesto. A transferência de Karadzic foi adiada por alguns dias, pois o tribunal de Belgrado ainda não recebeu o recurso contra sua extradição.

O Estadao de S.Paulo

29 de julho de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.