Partido Bolchevique ocupa prédio em Moscou

Membros de uma agremiação política radical de direita, o Partido Nacional Bolchevique, tomaram um prédio controlado pelo Kremlin no centro de Moscou para protestar contra o presidente Vladimir Putin, informam autoridades. Cerca de 40 membros do partido entraram no edifício da administração presidencial de informações por volta do meio-dia e fizeram uma barricada numa das salas. Pelas janelas era possível ver bandeiras do partido - branca e vermelha, com foice e martelo - e uma faixa com a frase "Putin, demita-se".De acordo com os serviços de segurança, o grupo foi detido e interrogado. Alexander Averin, porta-voz do partido, disse à agência de notícias Interfax que a invasão foi um protesto contra decisões recentes de Putin, incluindo uma reforma eleitoral e na previdência social.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.