Partido Comunista anuncia nova liderança em novembro

Com a expulsão de Bo Xilai do Partido Comunista da China, o foco agora será assegurar uma transição tranquila de uma nova geração de líderes do país, a segunda maior economia do mundo. O Partido Comunista informou neste sábado que anunciará essa nova geração no dia 8 de novembro. O partido está reunido no 18º Congresso Oficial e o governo garantiu que irá "respeitar mais o desejo do povo".

AE, Agência Estado

29 de setembro de 2012 | 14h08

A imprensa oficial admitiu que o escândalo envolvendo Xilai afeta a imagem do partido. Xilai era um dos principais dirigentes chineses até março, quando estourou o escândalo. Ele é acusado de tentar manipular a lei para encobrir o homicídio que sua mulher cometeu, de aceitar suborno e de ter "relações sexuais inapropriadas com diversas mulheres". As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinanova liderança

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.