Partido Comunista chinês supera 80 milhões de filiados

O número de integrantes do Partido Comunista da China superou no ano passado a marca de 80 milhões, anunciou hoje a legenda. O PC chinês é a agremiação política com mais filiados em todo o mundo. A atual cifra de integrantes do partido, que está a apenas uma semana de completar 90 anos de existência, é quase igual à da população da Alemanha.

AE, Agência Estado

24 de junho de 2011 | 17h59

De acordo com os números divulgados hoje, o número de integrantes chegou no ano passado a 80,27 milhões. Em 2010, o partido ganhou 2 milhões de novos membros em relação ao ano anterior, disse Wang Qinfeng, vice-ministro da legenda, durante entrevista à imprensa concedida em Pequim.

O sistema político chinês é monopartidário. Mais do que uma ideologia, a filiação ao Partido Comunista dá a seus integrantes acesso à elite do poder decisório no país, além de oportunidades de carreira política. Os candidatos à filiação precisam ser indicados por membros que se destaquem pela lealdade ao partido e pelo "bom comportamento".

Segundo os números citados hoje por Wang, cerca de 24 milhões dos integrantes do PC chinês são ligados ao campo, mais de 38% são do sexo feminino e quase um quarto tem menos de 35 anos. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ChinaPartido Comunistafiliados

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.