Partido de Arafat marca eleição interna

O Partido Fatah, que controla a Organização para a Libertação da Palestina (OLP) e a Autoridade Nacional Palestina (ANP) marcou para 4 de agosto suas primeiras eleições internas desde os anos 80. A decisão aprece ser uma tentativa de evitar que a ala mais jovem do movimento desafie a liderança estabelecida nas eleições presidenciais da ANP, marcadas para janeiro. Ontem foi anunciado que Marwan Barghouti, líder popular entre os jovens que participaram dos levantes contra Israel nos últimos anos, desafiará o candidato oficial do Fatah à presidência, Mahmoud Abbas.A liderança emergente do Fatah queixa-se de que vem sendo mantida fora dos principais centros de poder do partido. O Fatah não realiza uma conferência geral desde 1989. Hoje, no entanto, Amin Maqboul, um alto representante do movimento, anunciou que o Conselho Revolucionário decidiu convocar uma conferência geral para 4 de agosto, data do aniversário de Yasser Arafat, morto em 11 de novembro.Eleições internas deveriam ocorrer a cada cinco anos. A convenção partidária provavelmente ocorrerá no exterior, permitindo que membros do partido que vivem no Líbano, Jordânia e outro países participem, segundo Maqboul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.