Partido de Bush acusa oposição de querer proibir a Bíblia

O comitê nacional do Partido Republicano reconheceu ser o responsável pela distribuição de material de campanha dizendo a eleitores que os liberais - termo que na política americana descreve os grupos de centro-esquerda - querem proibir a Bíblia. A porta-voz do partido, Christine Iverson, disse que a agremiação já havia reconhecido sua responsabilidade na distribuição em massa da propaganda.O material alega que "o programa liberal inclui remover ´sob Deus´ do Juramento à Bandeira" e mostra uma Bíblia com a palavra "PROIBIDO" sobre ela. Também mostra um homem de joelhos pondo um anel na mão se outro homem - numa alusão ao casamento gay - com a palavra "PERMITIDO".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.