Partido de Merkel sofre nova derrota em eleição alemã

O Partido Social Democrata e o Partido Verde - ambos de oposição no plano nacional - venceram as eleições na cidade-Estado de Bremen hoje, segundo uma pesquisa de boca-de-urna conduzida pela emissora de televisão ARD. Trata-se de mais uma derrota dolorosa para os partidos da coalizão da chanceler alemã, Angela Merkel.

AE, Agência Estado

22 de maio de 2011 | 15h44

Segundo a pesquisa, o Partido Verde pela primeira vez em qualquer Estado alemão conseguiu mais votos que a União Democrata Cristã (CDU) de Merkel. Um eleitorado contrário à energia nuclear duvidou da veracidade da mudança da chanceler em sua política nuclear, após o desastre em uma usina nuclear japonesa este ano.

O governo de Merkel afirma que pretende abandonar a energia nuclear assim que isso for possível. Ontem, a chanceler falou em desistir dessa tecnologia até 2022. Já a líder do Partido Verde, Claudia Roth, comemorou o resultado prévio em Bremen. "A luta (contra a energia nuclear) de mais de 30 anos valeu a pena", afirmou.

O crescente desconforto com a perspectiva de mais ajuda para países em dificuldade na zona do euro, como Grécia e Portugal, também prejudicou a CDU de Merkel e também seu parceiro, o Partido Democrático Liberal (FDP).

Bremen é o menor Estado alemão, mas as perdas para o governo ocorrem antes de várias eleições estaduais. O grupo de Merkel perdeu recentemente o controle do Estado de Baden-Wuerttemberg para uma coalizão liderada pelo Partido Verde. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
AlemanhaeleiçõesMerkel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.