Partido de Morales lidera votação de constituinte na Bolívia

O Movimento ao Socialismo (MAS) do presidente boliviano, Evo Morales, obteve 45,8% dos 1.350.248 votos apurados oficialmente até a noite desta segunda-feira para a eleição de uma Assembléia Constituinte que começará a deliberar em agosto.Os dados foram divulgados no último relatório publicado no site da Corte Nacional Eleitoral (CNE), 30 horas depois do fechamento das urnas. A página do tribunal mostra resultados parciais, que divergem dos revelados pelo Governo, das enquetes e das apurações de boca-de-urna.Somando números parciais fornecidos por departamentos e sem precisar que percentagem do total de votos emitidos no domingo os 1.350.248 votos apurados até agora representam, o CNE indicou que o MAS tem 619.660 votos.Em segundo lugar está a aliança conservadora Poder Democrático e Social (Podemos), com 238.418 (17,65%), e em terceiro vem a centrista União Nacional (UN), com 111.978 (8,29%). ReferendoQuando ao referendo sobre a possibilidade de dar maior autonomia política e administrativa aos nove departamentos da Bolívia, o "não" ganha do "sim" por 52,48% a 47,52% dos 1.605.607 votos apurados.O site do CNE não diz nada sobre o total de bolivianos que votaram no domingo, nem sobre o número de constituintes obtido por cada partido. Havia 3,7 milhões de eleitores inscritos.As pesquisas e as apurações de boca-de-urna divulgados pela imprensa atribuem 134 ou 135 das 255 cadeiras da Assembléia ao MAS, de 60 a 64 ao Podemos, dez à um e o resto a uma dúzia de partidos menores. No referendo autônomo, o "não" ganhou em cinco departamentos e o "sim", em quatro, segundo essas medições.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.