Partido de Tony Blair desaba nas pesquisas

O apoio ao Partido Trabalhista, do primeiro-ministro do Reino Unido, Tony Blair, caiu ao seu nível mais baixo em quase 20 anos e a diferença para os conservadores é de 10 pontos, segundo uma pesquisa publicada nesta quarta-feira no jornal "The Guardian". A pesquisa mostra que os trabalhistas obtiveram 29% de apoio, dois pontos a menos que na do mês passado. Os "tories" subiram três pontos, para 39%. O Partido Liberal Democrata, terceira força política britânica, subiu um ponto, para 22%. A ICM, autora da pesquisa, entrevistou 1.019 adultos, entre 20 e 22 de outubro. O apoio obtido pelos trabalhistas é equivalente ao nível mais baixo obtido pelo partido nas pesquisas da ICM para "The Guardian", em maio de 1987, um mês antes de a ex-primeira-ministra conservadoraMargaret Thatcher ser eleita para o seu terceiro mandato. A pesquisa foi feita após as críticas do líder conservador, David Cameron, aos cortes no Serviço Nacional de Saúde. "The Guardian" afirma que a decisão dos "tories" de apoiar melhoras no sistema de saúde oferece ao principal partido da oposição a possibilidade de subir nas pesquisas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.