Partido designa premiê interino para liderar governo tailandês

Somchai Wognsawat é cunhado do ex-líder Samak Sundaravej; nome será submetido a votação na quarta

Efe,

15 de setembro de 2008 | 02h28

O principal partido da coalizão de Governo designou nesta segunda-feira, 15, o primeiro-ministro interino da Tailândia, Somchai Wognsawat, como candidato à chefia do Executivo, informaram fontes oficiais. A candidatura de Wongsawat, vice-primeiro-ministro do governo do destituído primeiro-ministro Samak Sundaravej, será submetida a votação na próxima quarta-feira no Parlamento, disse o porta-voz do Partido do Poder do Povo (PPP), Kan Tienkaew. Wongsawat, de 61 anos e cunhado do ex-líder Thaksin Shinawatra, deposto no golpe de Estado perpetrado há dois anos, é um burocrata com mais de duas décadas de experiência como juiz. Tienkaew disse em entrevista coletiva que o PPP confia que a candidatura de Wongsawat receba o apoio dos outros cinco partidos que fazem parte da coalizão governamental. As forças políticas minoritárias da coalizão boicotaram na sexta-feira passada a reeleição de Sundaravej, cessado três dias antes pelo Tribunal Constitucional por ir contra a Carta Magna ao cobrar por aparecer em um programa de culinária na televisão. A designação de Wongsawat como primeiro-ministro será submetida a votação na sessão extraordinária que realizará o Parlamento, composto por 480 cadeiras, dos quais o PPP controla 223 e os outros cinco partidos da coalizão, um total de 83.

Tudo o que sabemos sobre:
Tailândiaprotesto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.