Partido governante vence eleições no Camboja

O partido do veterano primeiro-ministro Hun Sen venceu as eleições gerais no Camboja, de acordo com resultados não-oficiais divulgados nesta terça-feira, mas seus dois principais rivais rejeitaram os resultados, alegando que houve irregularidades e fraude generalizada no pleito. Com todos os votos contados, o Partido do Povo Cambojano (KPK) de Hun Sen disse esperar ocupar cerca de 73 das 123 cadeiras na nova Assembléia Nacional após as eleições do último domingo - as mais pacíficas em uma década. Os resultados oficiais só serão divulgados em 8 de agosto, mas observadores internacionais que acompanharam o pleito também falaram em uma vitória ?positiva? do KPK em meio a alguns episódios isolados de intimidação e de outras irregularidades. O grupo Comfrel de observadores disse que o KPK obteve 46,94% dos votos; o partido Sam Rainsy obteve 22,43% e a monarquista Frente Nacional Unida por um Camboja Independente, Neutro, Pacífico e Cooperativo (Funcinpec), do rei Norodom Sihanouk, 20,93%. Mas os dois partidos oposicionistas disseram que não aceitam a copntagem não-oficial nem os resultados proclamados pelo KPK; em entrevista para a qual convocaram cojuntamente a imprensa, líderes das duas agremiações disseram ser necessária a convocação de novas eleições ?em muitos lugares?.

Agencia Estado,

29 Julho 2003 | 16h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.