Marta Perez/Estadão
Marta Perez/Estadão

Partido governista da Catalunha perde 12 cadeiras no Parlamento

Com 92,5% dos votos apurados, Artur Mas vence, mas precisará de coalizões para manter-se no poder

Agência Estado

25 de novembro de 2012 | 20h38

BARCELONA - A região da Catalunha votou neste domingo, 25, para colocar no Parlamento uma maioria de legisladores a favor da independência da região. No entanto, o partido do presidente regional, Artur Mas - cuja campanha foi baseada na intenção de realizar um referendo sobre a independência em relação à Espanha -, perdeu 12 cadeiras no Parlamento catalão.

Artur Mas promoveu as eleições antecipadamente como forma de disputa com o primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, sobre o tamanho da contribuição da Catalunha aos cofres nacionais. Porém, o que começou como uma disputa sobre dinheiro se transformou em um teste para a integridade territorial da Espanha.

O presidente da Catalunha havia pedido ao eleitorado que lhe garantisse maioria absoluta no Parlamento para dar mais peso às políticas de centro-direita de seu partido, o Convergència i Unió (CiU, Convergência e União, em catalão), incluindo a realização de um referendo. Em vez disso, com 92,5% dos votos apurados, sua situação agora demanda que ele faça coalizões para permanecer no poder. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EspanhaCatalunhaapuraçãoEleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.