Partido governista decide reconduzir premiê da Tailândia

O primeiro-ministro da Tailândia, Samak Sundaravej, que havia sido destituído do cargo anteontem por uma decisão judicial, aceitou a designação do partido governista para ser reconduzido ao posto. "Samak está pronto para lutar pela democracia e na sexta-feira o partido o nomeará primeiro-ministro", declarou Suthin Klangsang, porta-voz do Partido do Poder Popular.Na terça-feira, o Tribunal Constitucional havia ordenado que Sundaravej deixasse o poder por ter infringido a lei ao aceitar dinheiro de uma empresa privada para apresentar dois programas de culinária na televisão.Centenas de manifestantes contrários ocupam a sede do governo em Bangcoc desde 26 de agosto, como parte de uma campanha para obrigar Sundaravej a renunciar. Depois de violentos conflitos entre os manifestantes e os partidários do governo, foi declarado em 2 de setembro estado de emergência na capital. Os opositores acusam Sundaravej de ser uma ?marionete? de seu antecessor, Thaksin Shinawatra, deposto em um golpe em 2006. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.