Partido palestino lança campanha para governo de união nacional

O partido palestino Iniciativa Nacional lançou neste domingo uma campanha para pedir ao nacionalista Fatah e ao islâmico Hamas que resolvam suas diferenças ideológicas e políticas e negociem um Governo de união nacional na Autoridade Nacional Palestina (ANP).Mustafa Barghouthi, líder da esquerdista Iniciativa Nacional, disse que sua intenção com esta nova campanha é promover a pressão nas ruas para que os dirigentes palestinos comecem a negociar."Achamos que é possível formar um governo tanto se for com políticos, com tecnocratas, ou inclusive com independentes", disse Barghouthi à rádio A Voz da Palestina.O líder da Iniciativa Nacional se referia à última iniciativa do Catar para buscar uma solução à crise política na ANP, segundo a qual o governo poderia ser formado por tecnocratas em vez de por políticos, e liderado por um independente que não seja identificado nem com o Hamas nem com o Fatah."Temos que entender que o tempo está acabando, e que não corre a nosso favor", disse Barghouthi.A idéia da união nacional foi proposta pelo presidente da ANP, Mahmoud Abbas, há meses para tentar suspender o boicote internacional ao governo do Hamas, que até agora se nega a reconhecer Israel.Barghouthi disse que o governo deve ser inspirado no "documento dos presos", uma proposta que reconhece Israel de forma implícita e que o Hamas parece disposto a aceitar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.